Candidatos podem solicitar reaplicação da primeira prova do Enem 2023

Compartilhe:

Regulamento prevê nova data em casos excepcionais previstos em edital. Nestes casos, estes candidatos também podem realizar a segunda prova no domingo

Candidatos que não conseguiram realizar a prova do primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), no domingo, 5 de novembro, poderão solicitar, no período de 13 a 17 de novembro, a reaplicação da prova, em casos excepcionais previstos em edital. Além disso, mesmo não tendo realizado a primeira prova, estes candidatos podem participar do segundo dia de provas, no próximo domingo (12/11).

Conforme prevê o edital, os candidatos que foram prejudicados por questões logísticas, acometidos por doenças infectocontagiosas ou foram alocados a uma distância superior a 30 quilômetros da residência informada na inscrição têm entre os dias 13 a 17 de novembro para solicitar a reaplicação da prova, por meio da Página do Participante, do Inep (https://enem.inep.gov.br/participante/#!/). Os candidatos que tiverem suas solicitações aprovadas realizarão as provas nos dias 12 e 13 de dezembro.

A Secretaria do Estado de Educação e Desporto Escolar reforça para que os candidatos nessas condições, que não puderam comparecer no primeiro dia do Enem, compareçam no domingo, para o segundo dia de provas.

No Amazonas, devido a questões climáticas e logísticas, o estado apresentou um grande número de abstenções, no primeiro dia de aplicação da prova, chegando a 44% de inscritos ausentes.

A secretária executiva adjunta Pedagógica, da Secretaria de Educação, Arlete Mendonça, afirmou que a Secretaria de Educação fornecerá apoio e orientação para todos os estudantes que desejam solicitar a reaplicação.

“A Secretaria dará essa orientação às coordenadorias regionais e distritais para que convoquem os diretores destas escolas que funcionam a modalidade do Ensino Médio e, assim, possam auxiliar estes alunos”, explicou a secretária.

A secretária também reforçou que, além da orientação, as escolas irão disponibilizar a rede de internet e os computadores para o acesso à plataforma do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) aos alunos que, porventura, necessitem para fazer a solicitação de reaplicação da prova.

As ausências e a reaplicação de provas

No Amazonas, dos 92.925 mil inscritos no exame, 40.887 mil deles não participaram do primeiro dia de prova, o que equivale a 44% de inscritos ausentes durante a avaliação. Entre as possíveis causas da grande abstenção, que foi a maior do país, estão questões como a fumaça que encobriu o estado, dificuldades de logística por conta da severa estiagem, ou casos de locais de provas com distância superior a 30 quilômetros da residência informada na inscrição dos candidatos. Aqueles que fizeram a prova no domingo (05/11), mas também se sentiram prejudicados pela queda de energia durante o exame, também poderão solicitar a reaplicação da prova.

O Inep, por meio da Página do Participante, estará disponível para a solicitação da reaplicação das provas e analisará se o candidato se enquadra nos critérios instituídos pelo edital.

Os participantes que foram afetados por problemas logísticos, como comprometimento da infraestrutura, falta de energia elétrica no local de prova ou erro de aplicação, podem solicitar a reaplicação e o Instituto avaliará as solicitações de acordo com as intercorrências registradas.

E os candidatos que estiveram ausentes devido a doenças infectocontagiosas, os pedidos de reaplicação devem ser acompanhados por documentos comprobatórios, que serão analisados pelo Inep individualmente.

É importante ressaltar que o candidato que faltou e não atendeu aos critérios terá a solicitação vetada, portanto é importante que todos que estiveram ausentes no domingo (05/11) compareçam ao segundo dia de provas, no próximo dia 12 de novembro.

FOTOS: Antônio Lima / Secom

Compartilhe:
Redação
Redação
Artigos: 6524