Queda de luz atrasa por duas horas CPI da Amazonas Energia, em Tabatinga

Compartilhe:

Procon/AM lavra auto de constatação contra a concessionária, por conta do ocorrido

Na manhã de sexta-feira (4), a 28ª reunião itinerante da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Amazonas Energia, realizada em Tabatinga, iniciou as atividades com duas horas de atraso, na Câmara Municipal, após queda de luz na cidade, impossibilitando a sessão de começar às nove.

Por conta do ocorrido, o Instituto de Defesa do Consumidor (Procon/AM) notificou a concessionária com um auto de constatação, documento que alega, supostamente, que a empresa cometeu uma infração à lei.

“Solicitamos que a concessionária nos apresente, em dez dias, a documentação legal que justifique a queda de luz, do contrário, esse documento pode se desdobrar para um auto de infração, que inicia o processo administrativo para a cobrança de multa, dependendo da resposta da concessionária”, explicou o representante do Procon/AM, Pedro Coelho Malta.

Para o presidente da CPI da Amazonas Energia, deputado estadual Sinésio Campos (PT), a queda de luz, no momento da reunião, é reflexo do desrespeito da concessionária para com os tabatinguenses.

“Fomos junto com o Procon/AM até o escritório da Amazonas Energia lavrar o auto de constatação, pois essa empresa precisa respeitar os seus clientes, precisa prestar um serviço de qualidade. Não vamos nos calar diante das irregularidades que a concessionária vem praticando em Tabatinga, bem como nos demais municípios do Amazonas”, comentou o presidente da CPI da Amazonas Energia, deputado estadual Sinésio Campos.

Durante a sessão, foram aprovados dois requerimentos que solicitam da empresa a manutenção do programa de eletrificação e instalação de placas solares nas comunidades rurais de Tabatinga como Lameira, Praia de Fátima, Arasal, Terezina I, II e III, Emaús, Sapotal I e II, Jutman, Tauaru, Sacumbu I e II, Takana, Belém do Solimões, Barro Vermelho, Nova Esperança, Vista Alegre, Osique, Bananal, Bananalzinho, Palmares, Barreirinha e Vendaval.

Participaram da sessão a Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Amazonas (OAB/AM), Defensoria Pública (DPE/AM), Instituto de Pesos e Medidas (Ipem/AM), Procon/AM, vereadores da Câmara Municipal de Tabatinga e a população com suas denúncias de falta de energia constante, manutenção de rede elétrica e tarifas abusivas.

Próximas reuniões itinerantes
As próximas reuniões itinerantes ocorrerão em Parintins e Maués, ambas na segunda-feira (7), na Câmara Municipal de suas cidades, no horário de 9h e 17h, respectivamente.


Assessoria de Comunicação – Gabinete do deputado estadual SINÉSIO CAMPOS (PT) – Ytallo Byancco 9.8118-7345 – (92) 3183-4431
Facebook/SinesioCamposOficial
Instagram/SinesioCampos

Compartilhe: