Parintins recebe programa nacional de telediagnóstico à distância

Compartilhe:

O Programa foi implementado no Centro de Telemedicina do município, sendo realizado pela FUnATI

O município de Parintins (a 369 quilômetros de Manaus) passa a contar com o serviço de diagnóstico a distância em cardiologia realizado por meio da Fundação Universidade Aberta da Terceira Idade (FUnATI). Implantado na quarta-feira (27/09), a ação integra o serviço de telediagnóstico da Oferta Nacional fomentado pela Secretaria de Informação e Saúde Digital (SEIDIGI) do Ministério da Saúde (MS).

Executado pela Policlínica Gerontológica Darlinda Esteves Ribeiro, da FUnATI, juntamente com a Rede de Telessaúde de Minas Gerais (RTMG), a implantação e treinamento em todos os municípios do Amazonas visam ofertar telediagnóstico com o objetivo de ampliar o serviço de diagnóstico e exames cardiológicos realizados a distância, como exames com laudos de eletrocardiogramas (ECGs) e discussão de casos clínicos online.

Na Ilha Tupinambarana, o programa foi implantado de forma online no Centro de Telemedicina de Parintins, que já oferece teleconsultas em outras especialidades, como pneumologia, reumatologia, psiquiatria, neurologia e outras.

De acordo com o Dr. Euler Ribeiro, reitor da FUnATI, o programa irá abranger inicialmente 16 municípios do Estado.

“A fundação irá implantar em todos os municípios do Amazonas esse serviço de telediagnóstico em cardiologia, pela oferta nacional custeada pelo Ministério da Saúde, através da Secretaria de Informação e Saúde Digital. Parintins é o primeiro município implantado. Estamos muito felizes com essa conquista”, afirma o reitor.

FOTOS: Divulgação/ FUnATI

Compartilhe:
Redação
Redação
Artigos: 6397