Na FCecon, moderno aparelho de ultrassom permite novas técnicas de anestesia

Compartilhe:

O novo equipamento possibilita a realização da técnica de anestesia regional

As cirurgias oncológicas realizadas na Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), unidade vinculada à Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), contam, desde o mês de abril, com um novo e moderno aparelho de ultrassonografia. O aparelho é utilizado principalmente durante procedimentos de anestesia, que permitem novas técnicas anestésicas para controle da dor.

O Centro Cirúrgico da FCecon tem passado por diversas melhorias realizadas pelo Governo do Amazonas, como reforma, readequação e aquisição de equipamentos. O investimento do Governo do Estado foi de mais de R$ 236 mil, por meio do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), além de R$ 4,6 milhões em emendas de deputados estaduais e R$ 1,6 milhão em recursos do Governo Federal.

Dentre os novos equipamentos adquiridos, estão focos cirúrgicos móveis e de teto com tecnologia a LED, camas fawler elétricas, torres de vídeo, mesas cirúrgicas, carros de anestesia e bisturis elétricos.

“O Centro Cirúrgico da Fundação Cecon está moderno, com todas as nove salas aptas para funcionamento, com equipamentos novos. Temos uma equipe altamente capacitada para realizar cirurgias e procedimentos complexos para tratar o câncer”, disse o diretor-presidente da FCecon, mastologista Gerson Mourão.

Tecnologia

O novo equipamento de ultrassonografia conta com tecnologia avançada, que disponibiliza uma variedade de ferramentas e que melhora a consistência na aquisição das imagens, destaca a gerente do Centro Cirúrgico, enfermeira Graça Gondim.

“O aparelho veio com vários transdutores com funções diversificadas. No caso para o centro cirúrgico, ele será ajustado para o serviço de cirurgias e procedimentos que deem suporte ao serviço de anestesia. O uso do aparelho vai permitir exames precisos, reprodutíveis e de alta qualidade, com maior rapidez e consistência”, afirma Gondim.

Segurança

A especialidade de Anestesiologia vem desenvolvendo novas tecnologias e a ultrassonografia é uma delas, tornando o ato anestésico mais seguro e eficiente, explica a médica anestesista e gerente do Serviço de Terapia da Dor e Cuidados Paliativos (STDCP/FCecon), Mirlane Cardoso.

“A FCecon tem um programa de Residência Médica em Anestesiologia que se destaca por lidar com os pacientes críticos, como os oncológicos. E por densas publicações científicas na área da Anestesiologia e Dor, não poderia ficar distante dessas tecnologias que surgem para agregar valor ao ato anestésico”, afirma Cardoso.

O novo equipamento adquirido para a FCecon possibilita a realização da técnica de anestesia regional guiada por ultrassom, que, segundo Cardoso, é uma alternativa evoluída a técnicas padrão. Esta nova tecnologia melhora o fluxo dos pacientes e agrega valor à assistência.

“Os pacientes oncológicos têm, normalmente, síndromes dolorosas associadas à cirurgia. A anestesia regional propicia um controle de dor mais eficiente no pós-operatório. Isso diminui os custos para o hospital, pois o paciente terá alta mais precoce”, destaca a médica anestesista.

Treinamento

Médicos anestesistas, residentes anestesistas, técnicos de enfermagem e enfermeiros que atuam no Centro Cirúrgico receberam, neste mês de abril, o treinamento para manuseio e conhecimento das funcionalidades do aparelho de ultrassom, que já está disponível.

FOTO: Laís Pompeu/FCecon

Legenda: Equipamento de ultrassonografia conta tecnologia avançada, que disponibiliza uma variedade de ferramentas.

Compartilhe:
Redação
Redação
Artigos: 6409