Ministro do TST, Caputo Bastos, inicia correição no TRT-11

Compartilhe:
A correição vai até sexta-feira e inclui uma Campanha Solidária

Começou hoje e vai até sexta-feira, 13/05/2022, a correição ordinária no Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região – Amazonas e Roraima (TRT11), sob a coordenação do ministro corregedor do Tribunal Superior do Trabalho (TST) Guilherme Augusto Caputo Bastos. Pela manhã, o ministro foi recebido na sede do Tribunal pela presidente e pela vice-presidente do TRT-11, desembargadora Ormy da Conceição Dias Bentes e a desembargadora Solange Maria Santiago Morais, respectivamente.

Coordenadas pela Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho (CGJT), as correições ordinárias são realizadas de dois em dois anos e avaliam o desempenho geral dos Tribunais Regionais do Trabalho (TRTs). O corregedor-geral e sua equipe analisam, entre outros pontos, dados de movimentação processual, tempo de tramitação, observância de prazos e adequação de procedimentos às normas legais.

Durante o período de permanência na capital amazonense, o ministro também cumprirá agenda de reuniões com magistrados, servidores e sociedade em geral. As reclamações e sugestões que tenham por finalidade o aprimoramento dos serviços prestados pela Justiça do Trabalho serão apresentadas em audiência com o ministro corregedor. A participação nessa audiência será franqueada àqueles que fizeram o agendamento prévio.

No último dia de correição em Manaus, 13 de maio, o ministro Caputo Bastos fará a leitura da Ata Correicional em sessão plenária administrativa, encerrando os trabalhos de correição no TRT-11. A última correição no âmbito do Tribunal foi realizada em novembro de 2020, de forma telepresencial devido a pandemia.

Corregedoria Solidária

Em todas as correições que realiza, o ministro Caputo Bastos faz questão de realizar uma campanha solidária em favor de uma instituição filantrópica. A campanha intitulada   “Corregedoria Solidária” tem recebido apoio de todos os Tribunais Regionais do Trabalho durante as correições ordinárias em 2022. O objetivo é estimular a doação e o voluntariado para ajudar instituições filantrópicas em todo o país. A iniciativa originou-se de uma ação que o gabinete do ministro já realiza desde 2016. Inicialmente chamada de  “GMCB Solidário” (GMCB é a sigla para Gabinete do Ministro Caputo Bastos).

O  TRT-11 abraçou a campanha, as doações podem ser feitas até a quarta-feira (11/5), às 15h, e serão entregues no encerramento dos trabalhos correicionais à Casa da Criança. A instituição, que existe desde 1948, foi escolhida devido à longa trajetória dedicada à filantropia. O TRT-11 terá pontos de coleta na entrada do prédio-sede, na Praça 14 de Janeiro,  e no Fórum Trabalhista, no Centro, para doação de alimentos. Outra possibilidade é a doação por meio de pix, transferência ou depósito na conta disponibilizada pela Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 11ª Região (Amatra-XI). O comprovante precisa ser identificado e deverá ser encaminhado por WhatsApp para o número (92) 98417-3749. Confira os dados abaixo:

Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 11ª Região
CNPJ – 05.544.077.0001/46
Caixa Econômica Federal Agência 2686 C/C 00000015-0 operação 003
Pix: (92) 98127-9422 (celular)

Assessoria de Comunicação TRT-11

(92) 3621-7239/7238

(92) 98417-3749

Compartilhe: