Financiamento para a Amazônia é tema de debate em Belém, com ONU e BID

Compartilhe:

Evento da Associação Brasileira de Desenvolvimento reunirá presidentes do Banco da Amazônia e do Banpará

Com foco no financiamento para a Amazônia, debate da Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE) reunirá o representante do BID, Eduardo Sierra, o Oficial de Parcerias e Financiamento da Organização das Nações Unidas (ONU) no Brasil, Haroldo Machado, e o secretário de Estado na Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará, Mauro O’ de Almeida, com os presidentes do Banco da Amazônia, Luis Cláudio Lessa, e do Banpará, Ruth Mello. O Presidente da ABDE, Celso Pansera, abrirá o evento. Eles discutirão inovação, bioeconomia e agronegócio sustentável na Amazônia, na próxima quarta-feira (28), das 9h às 17h20, de forma presencial, no auditório do Banco da Amazônia, em Belém.

A associação reúne 34 instituições financeiras no Sistema Nacional de Fomento (SNF). O debate é parte do terceiro seminário pré-Fórum do Desenvolvimento ABDE 2023, que será realizado, em agosto, em Brasília, reunindo as principais autoridades do país em torno da pauta de fomento.

Segundo levantamento da associação, a carteira de crédito das instituições financeiras públicas e privadas que atuam na região da Amazônia Legal totalizou R$ 529,8 bilhões em dezembro de 2022, o que representa aproximadamente 9% do total do Sistema Financeiro Nacional.

De acordo com a ABDE, houve evolução do crédito para a região desde 2017, com destaque para o crescimento acentuado especialmente após a crise da Covid-19. Desde 2019, a carteira de crédito para a região da Amazônia Legal cresceu 78%, representando R$ 232 bilhões de recursos adicionais para a região.

Para confirmar credenciamento, entre em contato com a assessoria de imprensa: 62 982912547 | Cleomar Almeida (ligação/WhatsApp)

A seguir, confira a programação completa:

Informações gerais

Data e horário: 28/06/2023, das 9h00 às 12h30 e das 14h30 às 17h20

Local: Auditório do Banco da Amazônia – Belém (PA)

Formato: Presencial para convidados com gravação das mesas e divulgação posterior pela ABDE.

Contato: 62 982912547 (Cleomar Almeida)

Agenda

9h: Café de boas-vindas

9h20: Abertura do evento

  • Mauro O’ de Almeida: Secretário de Estado na Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará (confirmado)
  • Celso Pansera, presidente da ABDE e presidente da Finep
  • Haroldo Machado Filho, oficial de Parcerias e Financiamento da Organização das Nações Unidas (ONU) no Brasil (confirmado)
  • Luis Cláudio Lessa, presidente do Banco da Amazônia (confirmado)
  • Ruth Mello, presidente do Banpará (confirmado)
  • Eduardo Sierra, especialista sênior em mercados financeiros do BID (confirmado)

Mesa 1 – Bioeconomia familiar e arranjos produtivos para uma economia sustentável e justa

  • Objetivo: promover a troca de experiências e a cooperação entre o Sistema Nacional de Fomento, os setores privado e público e atores locais, visando impulsionar o financiamento a investimentos em bioeconomia, promovendo a geração de valor e inclusão social por meio do fomento a atividades econômicas no modelo de floresta em pé. A mesa deve explorar os desafios e oportunidades do apoio, via financiamento, ao pequeno produtor/produtor familiar inserido na bioeconomia, em especial quando parte de comunidades locais e mais vulneráveis.
  • Participantes:
    • Mauro O’ de Almeida – secretário de Estado na Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará (confirmado)
    • Marcus Cardoso – chefe do departamento de Meio Ambiente do BNDES (confirmado)
    • Monika Röper – diretora de Programa na Conexsus (confirmado)
    • Barbara Brakarz – especialista sênior da Unidade da Amazônia do BID (confirmado)
    • Moderador: Rodrigo Quites – presidente do Parque de Ciência e Tecnologia Guamá (PCT Guamá)

11h05: Mesa 2 – O futuro do fomento à bioeconomia na Amazônia

  • Objetivo: debater o papel da bioeconomia para a transição justa na Amazônia, ressaltando a experiência do Sistema Nacional de Fomento e as possibilidades de fortalecimento da atuação dessas instituições no apoio à essas cadeias produtivas na região. Além disso, debater os desafios e oportunidades para a articulação e coordenação dos atores fundamentais que podem viabilizar o alcance desse objetivo. A mesa busca trazer uma visão prospectiva sobre o tema, discutindo as estratégias e próximos passos para o fomento a uma bioeconomia adequada à Amazônia brasileira.
  • Participantes:
    • Denilson Santos – diretor da Secretaria Nacional de Fundos e Instrumentos Financeiros do Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional (MIDR)
  • Paulo Roberto Galvão da Rocha – Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (SUDAM)
  • Ruth Mello – Presidente do Banpará (confirmado)
  • Roberto Schwartz – Diretor de Crédito do Banco da Amazônia (confirmado)
  • José Otavio Passos – Diretor da The Nature Conservancy (TNC)
  • Moderador: Derek Gallo – UNEP-FI (confirmado)

12h20: Lançamento – Raio X das Instituições Financeiras de Desenvolvimento da Amazônia Legal

  • Cristiane Viturino (ABDE)
  • Kesia Braga (ABDE)

12h30: Encerramento das atividades da manhã

[Intervalo para almoço]

14h30: Mesa 3 – Sustentabilidade no campo e incorporação de novas técnicas de manejo rural

  • Objetivo: debater como as Instituições Financeiras de Desenvolimento (IFDs) podem impulsionar o desenvolvimento do agronegócio sustentável, mobilizando recursos a serem utilizados em novas técnicas de manejo e na incorporação de tecnologias na propriedade rural. A mesa busca explorar a importância do Sistema Nacional de Fomento na transição verde do campo, financiando projetos orientados para maior eficiência na produção e na otimização do uso de recursos naturais e da biodiversidade, com redução da emissão de Gases de Efeito Estufa (GEE).
  • Participantes:
    • Marcello Brito – secretário-executivo do Consórcio da Amazônia Legal (confirmado)
    • João Carlos Leão Ramos – diretor de Desenvolvimento Agropecuário da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuária e da Pesca (SEDAP) (confirmado)
  • Eduardo Mutsuo Tomiyoshi Junior – Banco da Amazônia (confirmado)
  • Gustavo Bastos Soares – supervisor de Agronegócios do Sicoob (confirmado)
  • Moderador: Eduardo Kaplan, chefe do departamento de desenvolvimento Regional do BNDES (confirmado)

16h00: Mesa 4 – Inovação na Amazônia: tecnologia, meio ambiente e desenvolvimento sustentável

  • Objetivo: debater a importância do SNF para o financiamento e suporte do ecossistema de inovação na região Norte. Explorar o potencial das IFDs de estimular o fortalecimento dos elos de uma ampla cadeia produtiva da região amazônica, que vai da floresta até o mercado. A mesa visa discutir a importância do empreendedorismo na região e os gargalos do fomento e financiamento à inovação para o desenvolvimento de cadeias produtivas sustentáveis.
  • Participantes:
    • Marcel Botelho – diretor-presidente da Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (FAPESPA) (confirmado)
    • Luciano Cunha de Sousa – Embrapii (confirmado)
    • Valéria Schneider – gerente de Programa Bioeconomia, Inovação e Sustentabilidade do Sebrae (confirmado)
    • Ima Vieira – assessora da FINEP (confirmado)
    • Michael Hennessy, especialista em ciência, tecnologia e inovação do BID (confirmado)
    • Moderador: Cristiano Prado – coordenador da Unidade de Desenvolvimento Socioeconômico Inclusivo do PNUD (confirmado)

17h20: Encerramento

Compartilhe:
Redação
Redação
Artigos: 6397