Espetáculo amazonense recebe indicações para premiação nacional.

Compartilhe:

A 7ª edição do Prêmio CBTIJ de Teatro para Crianças, um dos maiores eventos a reconhecer os destaques anuais da dramaturgia brasileira voltada ao público infantil e jovem, se deixou levar pelos encantos amazonenses. O evento concedeu 3 indicações ao espetáculo amazonense “Cabelos Arrepiados”, obra da Cia Buia Teatro, que desde 2021 acumula público, prêmios e viagens. A honraria é entregue pelo Centro Brasileiro de Teatro Para a Infância e Juventude, em reconhecimento à excelência dos profissionais mais proeminentes do teatro brasileiro que criam para o público infantil e jovem. O resultado da premiação será conhecido em 29 de março, na Festa Nacional e Mundial de Teatro para Infância e Juventude, na cidade do Rio de Janeiro.

“Cabelos Arrepiados” concorre nas categorias: melhor iluminação, formas animadas e trilha sonora.

Em suas redes sociais, Tércio Silva, diretor e idealizador de Cabelos Arrepiados celebrou as indicações com entusiasmo, ele que é um dos indicados por Melhor Iluminação.

“Neste mês de março, acontece o maior prêmio do Teatro para Infância e Juventude e ter nossa opereta Cabelos Arrepiados indicado em três categorias é uma alegria e emoção tremenda, porque somos nós, artistas das artes cênicas do Amazonas, concorrendo com artistas que são gigantes e que tanto admiramos. Pra mim, só em concorrer, já é um reconhecimento”, escreveu. Em quase três anos de estrada, a peça já foi vista por mais de 20 mil pessoas, e circulou por 6 estados brasileiros.

Sobre a obra

A opereta infantojuvenil Cabelos Arrepiados, de Karen Acioly, com encenação do Buia Teatro de Manaus, conta a história de cinco crianças que não conseguem dormir. Ao mesmo tempo que enfrentam os efeitos da privação de sono e de sonhos, elas refletem sobre temas como amizade, o diálogo com os pais e os perigos do consumismo e da destruição do meio ambiente.

Sobre a premiação

Criado e mantido com recursos próprios da entidade, nesta sétima edição foram avaliados 44 espetáculos habilitados a concorrer, dentre os apresentados na cidade do Rio de Janeiro. Desde sua criação, o Prêmio traz como inovação o fato de premiar todas as atividades profissionais de artistas e técnicos de espetáculos feitos para crianças, num total de 27 categorias.

A Comissão Julgadora foi formada por Bruno Bacelar, Daniele Geammal, Flávio Souza, Vilma Melo, tendo como Presidente da Comissão Antonio Carlos Bernardes.

Na cerimônia de entrega dos troféus também acontece a festa do Dia Mundial do Teatro para a Infância e Juventude (29 de Março, na EcoVilla Ri Harry (Jardim Botânico – RJ).

Sobre o Buia

O Buia Teatro, de Manaus, foi criado em 2015 pelas mãos de Tercio Silva, diretor da Companhia, e pela atriz, figurinista e artista visual Maria Hage. De lá pra cá, a assinatura deste grupo ganhou marca de pesquisa, experimentações e representatividade da Cultura Infância de qualidade do norte do país. Atualmente a Cia mantém uma sede, um teatro de 50 lugares na Rua Dona Libania, no centro de Manaus.

Compartilhe:
Redação
Redação
Artigos: 6196