Bloco da Vibração eleva a sustentabilidade para o Carnaval

Compartilhe:

O evento homenageia o músico conhecido como Maumao que fazia percussão com resíduos sólidos

 

Percussão, sustentabilidade e muita folia estão na lista de prioridades do primeiro do Bloco da Vibração neste sábado, dia 04 de fevereiro no Vibrânia Estudio de Arte, localizado na rua 10 de Julho, Nº151, Centro de Manaus.

A edição faz uma homenagem ao músico multi-instrumentista Maurizio Torres o “MauMao” que durante sua trajetória musical viveu transformando e reciclando lixo em percuteria (percussão e bateria). O som e o batuque que vibram em saudação a este artista da percussão estremece com o som das bandas Los Matrinxãs, Mady e Seus Namorados, Chora Cachorro e Agenor, Agostinho e Léo.

A idealização do evento é de Daniel Fredson, responsável pela Vibrania Estúdio de Arte e amigo de Maurízio. “Essa homenagem é tanto minha que era amigo pessoal, quanto de vários artistas que irão participar do evento. O Maumao era um poeta rítmico, ele mergulhou na música amazônica e na vida urbana, fez arte, fez nome e fez afeto. Trabalhou com o que designou de música residual a partir do que muitos encaram como lixo. E a intenção é que que isso pudesse servir de exemplo e inspiração nessa sociedade tão plástica e superficial que estamos vivendo”, acrescentou Fredson.

Ao longo da semana, a produção do Bloco da Vibração vai colher depoimentos de pessoas que tiveram oportunidade de conhecer, assistir e até conviver com Maumao para lembrar com saudade daquele que tanto provocou reflexão e oportunidades.

Os ingressos já estão à venda a partir do dia 26 de janeiro, disponíveis pelo Sympla no valor de R$15 para o primeiro lote. O segundo lote será R$20 e na portaria R$25 (dinheiro e pix).

Para garantir seu ingresso antecipado clique neste link: https://www.sympla.com.br/bloco-da-vibracao__1860217?share_id=0

Sobre Maumao

Maurízio Torres imitava som de cachoeira com tampas de garrafas pet e muitas vezes fazia do plástico, maior vilão do meio ambiente, uma nova ferramenta de transformação social para quem se interessava em trabalhar com música.

Sua trajetória musical procurou a ‘batida perfeita’, seja atuando em sonoridades que circulavam de boi-bumbá ao jazz, sem perder a magia do samba amazônico.

Maumao teve presença firme, criativa e forte na fundação da banda Cabocrioulo e promoveu muitas experiências percussivas ao usar uma combinação de percussão e bateria. Com as chaves de portas que já não se abrem, uniu-as e deu vida a outro produto de som cristalino.

Vibrania Estudio de Arte

Em comemoração do primeiro aniversário neste mês de fevereiro, o Vibrania tem a diversidade cultural como principal força de trabalho e tem suas portas abertas para apresentações artísticas de música, cinema, literatura, hip-hop e outras manifestações. Localizado num prédio histórico entre as ruas Epaminondas e Lobo D’almada no Centro de Manaus. Além do salão principal, as instalações contam com uma galeria superior e no térreo um quintal aconchegante cheio de plantinhas. O horário de funcionamento é de terça a domingo, a partir das 17h até (quase) o último cliente.

GUIA RÁPIDO

Bloco da Vibração com Los Matrinxãs, Mady e Seus Namorados, Chora Cachorro e Agenor, Agostinho e Léo

Quando: Sábado, 04 de fevereiro às 16h

Quanto: R$15 (1º lote) a venda no Sympla/ R$25 (na portaria)

Onde: Rua 10 de Julho, 151 – Centro.

Info: (92) 98599-2265

Redes sociais: @vibrania151

Compartilhe:
Redação
Redação
Artigos: 6524