Atalaia do Norte inaugura primeira escola em alvenaria do Vale do Javari

Compartilhe:

A nova estrutura conta com energia solar e internet banda larga Starlink

 

O Vale do Javari ganhou no último sábado (18) a primeira escola em alvenaria da Terra Indígena. Foi inaugurada, com a presença de autoridades e lideranças indígenas, a escola municipal indígena Dunu Mayuruna, na aldeia Flores da etnia Mayuruna/Matsés, localizada no rio Curuçá (distante 135 quilômetros da sede do município). A obra é uma realização da Prefeitura de Atalaia do Norte, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), um marco histórico para o desenvolvimento da educação de Atalaia do Norte.

Vale destacar que a nova escola dispõe de quatro salas de aula padrão FNDE, cada uma delas para 25 alunos, internet via satélite Starlink, iluminação LED em todos os ambientes, banheiros, cozinha equipada com freezer, fogão industrial e utensílios, secretaria informatizada, sala do diretor, refeitório amplo e um moderno sistema de energia solar com quatro baterias que suporta a demanda da unidade de ensino municipal.

Na oportunidade, a prefeitura também esteve presente na aldeia Flores com serviços diversos para atender os indígenas, como os da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa); que realizou atendimentos médicos, odontológicos e outros na UBS Fluvial, Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas); com atividades dos Programa Criança Feliz, conscientização sobre o combate ao abuso sexual contra crianças e adolescentes, parte das atividades da campanha do 18 de Maio, identificação, Cadastro Único, entre outras atividades.

De acordo com Denis Paiva (União), prefeito de Atalaia do Norte, “em breve, mais uma escola em alvenaria e outras em madeira serão inauguradas no Vale do Javari, tudo isso parte da política de uma gestão que valoriza os indígenas e ribeirinhos e investe no desenvolvimento da educação”, enfatizou.

Fotos: Divulgação/PMATN

Compartilhe:
Redação
Redação
Artigos: 6406