Alunos participam de atividades culturais em escolas de Rio Preto da Eva

Compartilhe:

Apresentações fazem parte das programações pelo Dia Municipal da Leitura, comemorado em 25 de abril

A manhã desta quarta-feira (20) foi marcada por muitas apresentações culturais dos alunos da Escola Municipal Alegria de Saber, em Rio Preto da Eva. As atividades fazem parte do Projeto Interdisciplinar do Dia Municipal da Leitura, comemorado em 25 de abril.

Os alunos tiveram a oportunidade de apresentar contos, histórias, danças e peças teatrais. Carlos Henrique de 11 anos, aluno do 6º ano, interpretou Jesus na peça que contava a morte e ressurreição de Cristo. Após uma semana de ensaios, ele diz que ficou feliz com o que apresentou. “Muita reponsabilidade, nervosismo, mas no fim deu certo, eu fiquei muito satisfeito com a apresentação”, contou o estudante.

A diretora da Escola Municipal Alegria de Saber ficou orgulhosa dos alunos e comentou sobre a importância de um evento como esse. “A importância entre muitas é dos alunos entenderem a importância da leitura, é aprender os gêneros literários e com isso firmarem mais o gosto pela literatura”, disse Edileide Gomes.

As apresentações culturais vão continuar em todas as escolas do município até o dia 29 de abril. O objetivo é estimular a leitura e uma boa escrita aos alunos, buscando formar um leitor crítico e argumentativo.

Dia Municipal da Leitura e Homenagem

O Dia Municipal da Leitura, comemorado no dia 25 de abril em Rio Preto da Eva foi instituído pela prefeitura por meio da lei 383, de 02 de julho de 2014. A data foi escolhida porque marca o nascimento do professor Agenor Muca de Souza, um dos maiores nomes da educação no município.

“O professor Agenor Muca foi um dos pioneiros da educação no município, sempre incentivou a leitura, fez vários projetos de alfabetização, fundou algumas escolas da zona rural, trabalhou nessas escolas, além de ser um grande exemplo pra todos nós”, disse a professora e coordenadora pedagógica da Secretaria de Educação de Rio Preto da Eva, Regiane Viana.

Agenor Muca aprendeu a ler e escrever aos 18 anos, era pedagogo, formado pela Universidade Federal do Amazonas; Pós-graduado em: Administração Escolar pela Fundação Educacional Severino Sombra – Vassouras-RJ, Supervisão e Orientação Educacional – Universidade Federal do Amazonas e Terapia Comunitária – Universidade Federal do Ceará.

Pai de seis filhos, foi casado com a Psicóloga Mª do Socorro Ferreira Barroso, morava na Comunidade de São Benedito, em Rio Preto da Eva, foi produtor rural na agricultura familiar até falecer em 18 de novembro de 2012.

FOTOS: SECOM PREFEITURA DE RIO PRETO DA EVA

Compartilhe: