Senador Omar afirma que investimentos do novo PAC reforçam compromisso do governo Lula com o Amazonas

Compartilhe:

Municípios do interior foram contemplados por recursos para retomada de obras

O senador Omar Aziz (PSD-AM) elogiou a inclusão do Amazonas no lançamento do novo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que prevê investimentos da ordem de R$ 47 bilhões em obras no Estado. Dentre os projetos contemplados, o destaque ficou para a revitalização do porto de Manaus, uma antiga reivindicação do parlamentar feita diretamente ao presidente Lula (PT).

O senador ressaltou a importância do investimento do novo PAC para a região amazônica, principalmente para os municípios do interior, que carecem de infraestrutura e investimentos em hidrovias. “O Amazonas possui um imenso potencial de desenvolvimento e o PAC vem para impulsionar ainda mais essa grandeza. A revitalização do porto de Manaus e de outras estruturas pelo interior possibilita um aumento significativo da nossa capacidade logística”, afirmou Omar.

O programa prevê investimentos em novos projetos e na retomada de obras que estavam paralisadas, incluindo aportes na restauração de rodovias, recuperação de portos, melhorias na infraestrutura de aeroportos de municípios como Apuí, Barcelos, Carauari, Coari, Eirunepé, Fonte Boa, Itacoatiara e Lábrea.

O senador também fez questão de destacar o trabalho realizado pelo presidente Lula (PT) em promover os investimentos em diversas áreas no Amazonas com o PAC, incluindo obras na educação, inclusão digital e na saúde. “O presidente Lula sempre foi sensível às demandas do Amazonas e, mais uma vez, mostra seu comprometimento com o desenvolvimento do nosso Estado”, ressaltou Omar.

Além do porto de Manaus, o PAC também contemplará outras obras de grande relevância para o estado, como a ampliação de estradas, a construção de novas unidades de saúde e a retomada na construção de creches e centros esportivos no interior do Amazonas. A expectativa é que o lançamento do novo PAC também impulsione o setor da construção civil no País.

Foto: Ariel Costa

Contato Assessoria Manaus Uplink

Compartilhe:
Redação
Redação
Artigos: 6406