Primeira usina fotovoltaica do IFAM é inaugurada no Campus Manaus Centro

Compartilhe:

O funcionamento da usina visa auxiliar na redução dos custos com energia elétrica do Campus Manaus Centro.

Com a missão de promover com excelência a educação, ciência e tecnologia para o desenvolvimento sustentável da Amazônia, o Instituto Federal do Amazonas (IFAM) avançou em mais uma ação para a redução dos custos com energia elétrica nas unidades de ensino. Na tarde de ontem (25), ocorreu a inauguração da primeira usina fotovoltaica da instituição, instalada no Campus Manaus Centro (CMC).

A cerimônia de inauguração ocorreu no auditório do CMC, no formato telepresencial, com parte dos convidados presentes e os demais em sistema virtual. O evento foi transmitido por meio das redes sociais do IFAM.

A usina instalada no CMC tem a capacidade de gerar cerca de 5% da energia consumida pela unidade de ensino em um período de um ano, gerando uma economia de mais de cem mil reais anualmente, recurso que será economizado e aplicado em outras demandas do campus.

O diretor do CMC, professor Edson Valente, recordou o desejo do professor Antonio Venâncio Castelo Branco em realizar a inauguração da usina com a presença dos alunos. “Ele pensou assim para que esse momento fosse de grande celebração junto à comunidade acadêmica. Aproveito para agradecer a todos os envolvidos no projeto, pois o IFAM é um time que joga junto e assim, esse projeto foi concretizado “, relembrou. O professor Antonio Venâncio foi reitor do IFAM até o início deste ano, quando faleceu vítima de complicações da covid-19.

Para o diretor-geral do Campus Manaus Zona Leste (CMZL), professor Jaime Cavalcante Alves, o IFAM está entrando na era da energia limpa que irá beneficiar o Instituto, um dos efeitos será a redução nos custos com energia. Destacou ainda que a inauguração da usina é a concretização de uma das propostas do professor Antonio Venâncio, quando candidato a reitor no ano de 2018. “Hoje depois de muito trabalho, estamos aqui concretizando não só uma promessa de campanha, mas também uma missão institucional em promover a sustentabilidade na Amazônia. E com a implantação do laboratório em energia solar assim como do curso técnico em Energia Solar, acreditamos que conseguimos alcançar o êxito em promover a sustentabilidade pois vamos poder aplicar na prática os conteúdos acadêmicos. Pretendemos não só manter, mas ampliar projetos como esses e buscar parcerias para que isso seja possível”, recordou.

De acordo com a reitora substituta do IFAM, professora Lívia de Souza Camurça Lima, a implantação da usina é importante no quesito de economia de energia. “Além da importância da oferta de cursos na área, pois é muito importante verticalizar o ensino em suas diversas modalidades. É importante destacar que o IFAM foi parabenizado pela implementação da usina por diversos outros institutos federais do país”, ressaltou.

Usinas semelhantes estão em processo de instalação e testes em outros campi do IFAM, como Presidente Figueiredo, onde a usina irá gerar 70% da energia consumida pelo campus, Manaus Distrito Industrial onde a usina será responsável por 65% da energia consumida pelo campus, e Manaus Zona Leste onde a instalação irá gerar 60% da energia necessária ao campus.

Após o encerramento da cerimônia os convidados puderam conhecer as instalações do laboratório de energia solar, onde serão ministradas as aulas do curso técnico em energia solar e também conheceram os equipamentos responsáveis por transformar a energia solar em energia elétrica.

Coordenação de Comunicação Social – Reitoria
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas- IFAM
Telefones: (92) 3306-0007
Endereço: Rua Ferreira Pena,1109 – Centro
 
Rodrigo Fonseca (92) 98199-5835 / (92) 3306 0007

Compartilhe: