Prefeitos começam a abandonar Wilson Lima

Compartilhe:

Os números baixos nas pesquisas e não cumprimento de acordo levam políticos a procurarem Amazonino e Eduardo Braga

Prefeitos e até mesmo deputados estaduais começam o movimento de debandada da campanha do governador Wilson Lima (União Brasil). Pelo menos dez prefeitos e dois deputados estaduais procuraram esta semana os pré-candidatos Amazonino Mendes (PSDB-Cidadania) e Eduardo Braga (MDB) para discutir apoio. Os políticos alegam que Wilson Lima não vem cumprindo acordos e isso os deixam livres para articular novos arcos de aliança.

Os números das pesquisas recentes mostram que se as eleições fossem este mês Wilson Lima sequer iria para o segundo turno. Na pesquisa do Instituto Diário, Wilson aparece com apensas 16% das intenções de votos, atrás de Eduardo Braga que tem 20% e Amazonino, que lidera com 40% da preferência dos eleitores. Outras pesquisas para consumo interno também confirmam essa tendência. Wilson Lima parou de crescer e, em Manaus, que detém 60% do eleitorado, chegou a cair, não passando dos 14%.

As ações assistencialistas lançadas pelo governador não tem se transformado em intenção de voto. Wilson reduziu a rejeição ao Governo dele, mas os eleitores se recusam a dar um segundo mandato a ele.

A debandada de políticos do barco de Wilson Lima já era esperada, mas para acontecer depois de julho. “Se antecipou em dois meses porque os políticos consideram a reeleição de Wilson Lima impossível”, disse uma fonte.

Compartilhe: