POLO DE INOVAÇÃO DO IFAM FORMA 30 ESTUDANTES EM ROBÓTICA INDUSTRIAL

Compartilhe:

O Instituto Federal do Amazonas (IFAM) por meio de seu Polo de Inovação (INOVA) acaba de formar 30 estudantes no Curso de Formação Inicial Continuada em Capacitação Avançada em Robótica Industrial (CARI). A formatura destes estudantes ocorreu no Auditório Célio Alves de Almeida que fica no IFAM – Campus Manaus Distrito Industrial, na última segunda-feira (05/02).

A CARI é uma parceria entre INOVA, LG Electronics do Brasil LTDA e a Fundação de Apoio, Ensino, Pesquisa, Extensão e Interiorização do IFAM (FAEPI). Essa ação é um avanço na educação tecnológica de alta relevância, em especial, no fomento entre a academia e o Polo Industrial de Manaus.

Parceria público-privada de excelência

O Reitor do Ifam, Professor Jaime Cavalcante Alves, participou da cerimônia e destacou a felicidade de formar a primeira turma de CARI, em uma verdadeira parceria público-privada com recursos de projeto de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I), junto à LG Electronics. “Essa parceria une a Academia, une a Indústria que tem a expertise prática dos problemas que enfrentam no dia a dia, e une a Suframa que ajuda a captar os recursos para favorecer as ações do projeto”, ressaltou o Alves, apontando que dos 17 campi do Ifam, 15 estão aptos para receber recursos advindos da Suframa por meio da Lei de Informática, tanto em Manaus como no interior do Amazonas.

Segundo o gerente-geral da LG Electronics, Nelson Alexandre Gouvea, a CARI recebeu um aporte financeiro em torno de R$ 3,85 milhões. “Essa aproximação entre Academia e Indústria é necessária e deve ser fomentada e fortalecida. Esse não é um projeto pontual da LG, nós acreditamos na educação como parte desse processo de inovação, e é por isso que esse ciclo não se encerra aqui. Estamos fazendo um novo ciclo de formação e assim continuar o desenvolvimento de talentos aqui do Amazonas”, disse Gouvea. É necessário destacar que a parceria entre o Ifam e a LG possibilitou também ampliação do laboratório do polo de Inovação do Ifam, o Inova.  As instalações do Inova foram ampliadas em 144,5 m².

Reysane Oliveira, analista de PD&I DX/GR Team, da LG Electronics, formada em Controle e Automação pelo IFAM, lembrou que no seu tempo de aluna, os estudantes sonhavam com um laboratório de robótica desse nível, além da capacitação nas suas plataformas. “Ver os alunos tendo acesso à essa tecnologia é uma realização e, do ponto de vista da empresa financiadora, poder ver e proporcionar essa oportunidade aos estudantes é incrível e gratificante, pois o mercado de trabalho precisa de pessoas mais qualificadas”, destacou a analista, reforçando sua felicidade em participar da cerimônia de formatura.

_________________________________

Curso do INOVA é Pioneiro, no Amazonas

Durante a formação, 10 docentes e 30 estudantes tiveram a oportunidade de aprender sobre as novas tecnologias, utilizando a Metodologia Hands On e a filosofia da DX/GR da LG Electronics. “Além disso dez colaboradores da equipe de gestão, entre coordenador, gestor, pesquisador educacional e os TAEs/Laboratoriais”, apontou o professor José Josemar Soares, diretor do INOVA, reforçando que, além da formação de todos os envolvidos, tiveram as produções acadêmicas, com dois artigos científicos e dois livros publicados o que representa um grande legado para a comunidade acadêmica do IFAM.

Foram abordados temas essenciais para a formação na área, como a introdução à robótica industrial, programação para aplicações robóticas, programação CLP, programação IHM, visão computacional e suas aplicações. Além disso, os participantes tiveram a oportunidade de enfrentar desafios reais do processo produtivo da Parceira LG, utilizando os conhecimentos adquiridos durante a CARI e as plataformas de robôs como Epson, Yaskawa, Staubli e Cobot Universal. “Esta iniciativa é um exemplo claro de como podemos inovar juntos, unindo a comunidade acadêmica do IFAM, o Polo de Inovação e as empresas parceiras, na formação de pessoas. A cooperação e o espírito de equipe, entre os times do IFAM/LG, foram fundamentais para o sucesso desta iniciativa, e expressamos nossa gratidão a todos os envolvidos”, finalizou Soares.

Todas as atividades foram realizadas no Laboratório de Robótica Industrial do Polo de Inovação do IFAM que proporcionou o ambiente ideal para a aplicação prática do conhecimento adquirido. A professora Jeanne Monteiro de Sousa foi a coordenadora do projeto e ressaltou que o projeto contou com quatro braços robóticos, uma tecnologia de ponta que são utilizados no Polo Industrial de Manaus. “Esses equipamentos estão em nosso Laboratório e são acessíveis aos estudantes para serem formados com tecnologia de ponta formando novos talentos que serão absorvidos pela sociedade e mercado de trabalho”, reforçou a coordenadora.

__________________________

Estudantes capacitados e realizando sonho de aplicar tecnologia de ponto

Laiza de Jesus reforça que fazer parte da CARI foi uma grande satisfação, pois é uma demanda alta no setor industrial. “Nesse curso, além de estudarmos CLP, IHM e a programação de robôs, integrar todo esse conhecimento foi muito importante, pois se faz necessário aqui no Amazonas, toda essa imersão nessa área”, enfatizou a formanda lembrando que a CARI proporcionou como idealizar do zero uma solução de problemas reais dentro de um processo industrial.

O formando Carlos Henrique destacou que no início do curso já percebeu que seria diferenciado e ficou bastante animado para completar sua formação. “Aprendi bastante, junto com meus companheiros de curso. Sou de eletrônica, mas tem gente de mecatrônica, mecânica e informática, onde fomos unindo conhecimento de suas áreas específicas, ajudando um ao outro”, ressaltou o formando, lembrando que tinha as aulas teóricas, mas logo em seguida fazíamos a prática no mesmo dia, com desafios com automação de processo, esteiras, qual robôs utilizamos em cada desafio.

Prof. Julieuza de Souza Natividade atuou no apoio pedagógico, levando o corpo docente à formação de metodologias ativas como Aprendizagem Baseadas em Projeto e   Design Thinking. “A LG Electronics trouxe problemas reais da sua empresa e assim os alunos pudessem desenvolver projetos baseados nestas duas metodologias e assim, eles procuravam desenvolver soluções com as plataformas robóticas por meio de sua técnica e criatividade, com toda pedagogia que os professores adquiriram na capacitação”, reforçou Natividade, apontando que a empresa ficou muito satisfeita com os projetos de soluções apresentados, com a perspectiva de ampliação do CARI.

A gerente de Projetos e Programa da FAEPI, Luana Monteiro, destacou o número significativo de mulheres formandas da CARI, onde predominam homens. “Dos 30 formandos no total, destacamos sete alunas que concluíram o curso com excelência, numa área onde é difícil ter atuação feminina, hoje temos aqui mulheres sendo inseridas nesse mercado”, apontou Monteiro, além de ressaltar que é um curso muito bem executado, ministrado com excelentes professores do IFAM, com todo o apoio da FAEPI, para que tudo acontecesse com sucesso.

______________________

Edney Santos Mendonça (Edney Manauara)

DRT nº 001751/AM

Setor de Comunicação do INOVA -Polo de Inovação do Ifam

WhatsApp: (92) 98535-2662

e-mail: edney.mendonca@ifam.edu.br

Compartilhe:
Redação
Redação
Artigos: 6196