PL da Dra. Mayara determina permanência de fisioterapeutas nas maternidades do Amazonas 

Compartilhe:
O Projeto de Lei nº 22025/2022, de autoria da deputada Dra. Mayara  Pinheiro Reis (Republicanos), determina a obrigatoriedade da permanência de Fisioterapeutas nas maternidades da rede pública e privada do Amazonas. 

 

Para Mayara, o acompanhamento por parte desses profissionais garante apoio essencial tanto para a gestante quanto para o bebê.  “A presença do fisioterapeuta é essencial para o melhor auxílio das grávidas desde o período pré-natal até o pós-parto. As orientações sobre amamentação, autocuidado e cuidados com o bebê podem proporcionar à mãe mais segurança e tornar o processo gravídico e parto menos doloroso. O papel desse profissional é muito importante, já que tem como foco o monitoramento de mudanças fisiológicas na mulher, objetivando seu bem-estar”, justificou a deputada.

 

De acordo com o PL, a presença de no mínimo um fisioterapeuta é obrigatória em instituições com pelo menos 500 (quinhentos) partos/ano, nas maternidades públicas e privadas, nos turnos matutino, vespertino e noturno, perfazendo um total de 24 (vinte e quatro) horas.

 

A proposta também determina a disponibilidade dos profissionais em tempo integral para assistência às pacientes internadas nas maternidades, durante o horário em que estiverem escalados.  Mayara acredita que o PL é uma forma de proporcionar às amazonenses um parto mais seguro e humanizado.

 

“Minha propositura tem como objetivo oferecer um atendimento mais humanizado possível. E nesse momento único e singular é imprescindível que a equipe multidisciplinar conte com o apoio do profissional fisioterapeuta para auxiliar e conduzir a melhor forma de acompanhamento para a gestante”, concluiu Dra. Mayara. 

Compartilhe: