Novos promotores de Guajará, Nhamundá e Novo Aripuanã são empossados pelo MPAM, nesta segunda (17)

Compartilhe:

Trio aguarda programação de formação do MPAM e deverá seguir para as comarcas até agosto

Após seleção de comarcas realizada na última semana, os novos promotores de Justiça Ney Costa Alcântara de Oliveira Filho (Guajará), Ana Carolina Arruda Vasconcelos (Nhamundá) e Jessica Vitoriano Gomes (Novo Aripuanã) tomaram posse, no fim da tarde desta segunda-feira (17/06), no plenário Antônio Trindade. A solenidade foi presidida pelo procurador-geral de Justiça (PGJ), Alberto Rodrigues do Nascimento Júnior, com presença dos demais membros do Colégio de Procuradores de Justiça.

Com a chegada desses novos promotores de Justiça, reafirmamos nosso compromisso em fortalecer a atuação do Ministério Público nas comunidades do interior do Amazonas. Nosso objetivo é promover a Justiça e proteger os direitos dos cidadãos, garantindo um trabalho mais eficiente e próximo da população”, destacou o procurador-geral de Justiça, cujo mandato, desde o início, registra 34 novos promotores empossados, ampliando significativamente a presença da instituição no interior do Estado.

Na cerimônia de posse dos novos promotores do Ministério Público do Amazonas (MPAM), o PGJ Alberto Nascimento enfatizou a importância da nobre missão de transformar vidas por meio da Justiça. Em seu discurso, destacou que cada ato de promoção da Justiça é um passo crucial para um futuro mais justo e igualitário para todos.

Ana Carolina Arruda Vasconcelos proferiu o discurso em nome dos colegas. Ela começou cumprimentando os procuradores e promotores presentes e então expressou gratidão aos familiares e amigos. A promotora refletiu sobre as adversidades enfrentadas no caminho até a posse, destacando que, “para que algo grandioso aconteça, não basta apenas o nosso esforço”. Ela também mencionou que o sonho de assumir o cargo de promotora de Justiça agora se torna realidade, citando Toquinho: “o futuro não tem tempo, nem piedade, nem tem hora de chegar”.

Por fim, os promotores Ney Costa Alcântara de Oliveira Filho e Jessica Vitoriano Gomes expressaram felicidade com o momento. “Estou muito animado. Espero poder contribuir com o Ministério Público do Amazonas e conseguir continuar o belo trabalho que já é realizado”, revelou Ney Costa. “Eu estou muito animada, eu estudei muito para isso, a vida inteira eu sonho com esse momento, então eu estou com uma noção de propósito muito forte”, comentou Jessica Gomes.

Os empossados agora aguardam o curso de ingresso, que será ministrado pelo Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (CEAF) e o estágio de adaptação, fases obrigatórias da formação de novos promotores de Justiça. A previsão é de que eles sigam para o interior até o mês de agosto. O trio se junta aos 22 promotores recém-empossados, totalizando 25.

Confirma mais imagens do evento no Flickr do MPAM. https://flic.kr/s/aHBqjBvDeg/

Texto: Victor Lemos e Lennon Costa

Foto: Yasmin Siqueira

Compartilhe:
Redação
Redação
Artigos: 6535