NOTA DE REPÚDIO

Compartilhe:

Vimos manifestar com veemência o nosso repúdio a forma que o Sr. David Almeida, Prefeito de Manaus, tem tratado os Servidores Públicos da Saúde Municipal.
O pagamento da data base dos servidores da SEMSA Manaus deveria ter sido paga em ABRIL de 2023, e desde o início do ano, nós representantes sindicais dos Servidores, temos procurado negociar, para que fosse honrada na data prevista em LEI.
Damos ciência a toda a sociedade civil que os servidores da saúde acumulam perdas referentes a atrasos no pagamento de datas-bases desde 2020, além de não estarem recebendo suas promoções e progressões, as quais tem processos referentes ao ano de 2019, com pagamento interrompido por falta de orçamento.
No dia 05 de junho de 2023, foi realizada uma reunião da SEMEF, onde o Secretário Clécio nos informou da impossibilidade de pagamento, solicitando um prazo de mais 60 dias para reavaliar o cenário, podendo dar ou não reajuste a categoria.
É público a informação que a saúde tem alcançado pela 5ª vez consecutiva a liderança no ranking nacional do Previne Brasil. Vale lembrar ao Prefeito que os trabalhadores da saúde são responsáveis por esse mérito. O próprio Prefeito elencou que a motivação profissional tem incentivado essa conquista.
MAS QUE MOTIVAÇÃO TEM O PROFISSIONAL QUE NÃO RECEBE NEM A CORREÇÃO DA INFLAÇÃO NO MÊS QUE DEVERIA SER PAGO?
Doamos a vida diariamente para cuidar da saúde da população, com as dificuldades da falta de recursos humanos em todas as categorias, sobrecarga de trabalho, cobrança de produtividade, falta de segurança nas unidades, com vários registros de assaltos aos servidores e usuários, e falta de recursos materiais. Contudo, nunca desistimos, e os índices falam por si só. E por isso merecemos melhor tratamento, maior valorização, e principalmente, mais respeito.
Sr. Prefeito David Almeida, nós da Bancada Sindical da Mesa Municipal de Negociação Permanente do SUS, repudiamos o tratamento despendido aos trabalhadores, retratado da Saúde, pela sua falta de atenção e cuidado com a categoria, e ainda por ignorar os nossos direitos.
BANCADA SINDICAL DA MMNPS/SUS

Compartilhe:
Redação
Redação
Artigos: 6397