Forças de Segurança do Amazonas apreenderam mais de 20 toneladas de drogas nos últimos dez meses

Compartilhe:

Atuação integrada determinada pelo Governo do Estado é responsável pelo número expressivo de apreensões em todo o estado, aponta SSP-AM

As operações policiais deflagradas por agentes da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), Polícia Militar do Amazonas (PMAM) e Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) resultaram na apreensão de 23,4 toneladas de drogas entre os meses de janeiro e outubro de 2022 em todo o estado do Amazonas.

Diariamente, as forças de segurança deflagram diversas operações na capital, em municípios da Região Metropolitana, além da operação Hórus/Fronteira Mais Segura, que reforça o policiamento em municípios do interior de estado, bem como intensifica os patrulhamentos fluviais. As operações acontecem simultaneamente integrando o trabalho das polícias do Amazonas, e também, em alguns casos, contam com o apoio de agentes de órgãos federais.

De acordo com o secretário de Segurança Pública, general Carlos Alberto Mansur, a integração entre os órgãos é uma determinação do governador do Amazonas, Wilson Lima, para que as ações se tornem cada vez mais exitosas.

“Procuramos realizar as ações sempre com a integração entre as forças de segurança, atuando em conjunto também com órgãos federais, para que estas operações, gerando assim excelentes resultados em benefício da população”, enfatizou o secretário.

Resultados positivos

De janeiro a setembro deste ano, as forças de segurança de todo o estado retiraram 1.553 armas de fogo das mãos de criminosos e efetuaram 6.586 prisões em todo o estado.

O comandante-geral da PMAM, coronel Vinícius Almeida, destacou o avanço da Segurança Pública não só nos resultados positivos, mas também nos investimentos feitos nas corporações.

“O resultado é feito de um trabalho integrado entre as forças de segurança, bem como dos investimentos realizados pelo governador Wilson Lima para combater o crime organizado no estado. Prova disso foi a estruturação da Base Arpão, as lanchas blindadas e a aquisição de equipamentos para as polícias Militar e Civil”, ressaltou o coronel.

Outras apreensões

Em setembro deste ano, uma ação deflagrada pela Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core), da PC-AM, apreendeu mais de uma tonelada de maconha tipo skunk no Km 69 da rodovia AM-070, zona rural do município de Careiro Castanho (a 88 quilômetros de Manaus).

No mesmo mês, agentes da Secretaria Executiva Adjunta de Operações (Seaop), da SSP-AM, apreenderam 250 quilos de entorpecentes em uma balsa no porto da Panair, em Manaus.

No mês de maio, uma ação integrada entre a Companhia de Operações Especiais (COE) e o Batalhão de Policiamento Ambiental, ambos batalhões especializados da PMAM, resultou na apreensão de 600 quilos de drogas, durante a operação Fronteira Mais Segura/Hórus, deflagrada em Manaus e no município de Novo Airão (a 115 quilômetros de Manaus).

O delegado-geral adjunto da PC-AM, Bruno Fraga, destacou que as grandes apreensões de drogas ocorridas ao longo deste ano são reflexo de um trabalho firme e eficaz de combate ao crime organizado realizado pela Polícia Civil, que resultou em números positivos para a segurança pública do Amazonas.

“A nossa meta é continuar empenhados no combate às organizações criminosas e a outros delitos, para levar mais segurança à sociedade amazonense. A Polícia Civil está diuturnamente nas ruas, tanto no trabalho preventivo quanto repressivo, e teremos outras grandes operações para o enfrentamento desses crimes”, enfatizou.

FOTOS: Tarcísio Heden/SSP-AM e Djalma Neto/Secom

Compartilhe:
Redação
Redação
Artigos: 6535