Feira de festas e eventos ‘Festejar’ está de volta; expectativa é de até R$ 6 milhões em negócios fechados

Compartilhe:

Após o período de instabilidade durante a pandemia, o setor de feiras e eventos no Brasil tem uma expectativa de um crescimento significativo de até 19% em relação ao ano anterior, segundo dados recentes da União Brasileira de Feiras e Eventos de Negócios. No Amazonas, essa tendência não é diferente, e a maior feira de produtos e serviços de festa do Norte, a Festejar chega a sua sétima edição. O evento está programado para acontecer entre os dias 28 e 30 de maio, no Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques.

A feira é uma das mais tradicionais no país e já movimentou mais de R$ 20 milhões durante as edições anteriores. Com entrada gratuita, o evento vai reunir em média 100 expositores e pretende ter uma movimentação de público de pelo menos 15 mil pessoas durante os três dias. Na última edição, realizada em 2019, um único expositor teve mais de R$ 200 mil em negócios fechados durante a feira.

Lá, os clientes vão poder comprar ou negociar a contratação de tudo relacionado a festas e eventos, desde os mais simples até os maiores e mais complexos. Mais da metade dos stands já estão vendidos. No local, haverá exposição de produtos e serviços relacionados a buffets, DJs, iluminação, sonorização, alugueis de brinquedos, animadores, vendas e alugueis de itens para festas, lembranças, fotógrafos, cerimonialistas, dentre outros.

“A gama de oportunidades de negócios durante a feira é vasta e atende desde os profissionais do setor até quem quer realizar uma festa ou evento. Asseguramos que qualquer pessoa pode entrar na feira apenas com uma ideia ou concepção do evento e sair com tudo pronto ou agendado. Teremos, ainda, consultores para orientar sobre as tendências mais atuais”, afirmou Lucio Salles, um dos produtores do evento.

Festejar

Ao todo, já foram realizadas seis edições da feira, que estava em seu ápice quando foi decretada a pandemia. Como os números apontam, os setores de feiras e eventos foram um dos últimos a voltarem à sua normalidade, impactando fortemente os profissionais do segmento.

Outra produtora do evento, Wladia Oliveira, fala de como os participantes estavam cobrando o retorno da feira. “Estão todos ansiosos para retomarem os lucros que a feira oferece, tanto que a venda dos stands está acontecendo em tempo recorde. Temos certeza que já nessa edição voltaremos ao patamar em que estávamos antes da pandemia. A Festejar não é apenas um espaço de negócios, mas de realização de sonhos, incentivo ao empreendedorismo e desenvolvimento do setor”, afirmou.

A curadoria para a escolha dos expositores ainda está aberta e os interessados – sendo até mesmo pequenos empreendedores – podem enviar seu portfólio e entrar em contato com a organização do evento através do número de WhatsApp (92) 98194-6227.

Compartilhe:
Redação
Redação
Artigos: 6409