Fé, emoção e homenagens marcam o início das comemorações dos 20 anos da UEA

Compartilhe:

O evento obedeceu às recomendações da OMS de prevenção contra o novo coronavírus

Em noite marcada por emoção e homenagens aos servidores vítimas da Covid-19, a Gestão Superior da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) realizou, na segunda-feira (16/08), uma missa em ação de Graças pelos 20 anos de fundação da instituição. A celebração, que iniciou as comemorações de aniversário, aconteceu na Igreja de São Sebastião, centro de Manaus, com a presença do reitor, vice-reitor, pró-reitores, docentes e alunos.

Na oportunidade, o reitor da UEA, Cleinaldo de Almeida Costa, destacou a importância do povo amazonense para construção da história da universidade, que durante essas duas últimas décadas, tem sido estratégia para o desenvolvimento do Amazonas. Além disso, Cleinaldo pediu um minuto de silêncio pelos professores, servidores e alunos que partiram durante a pandemia do novo coronavírus.

“Estamos celebrando os 20 anos da nossa UEA. Uma universidade que apesar de ser jovem, tem sido fundamental para o desenvolvimento do nosso Estado e do nosso povo. Agradeço a todas e a todos que contribuíram para o crescimento e fortalecimento da nossa Universidade. Também quero lembrar daqueles que não tiveram a oportunidade de estar neste momento, pois foram vítimas fatais da Covid-19, mas que deixaram o seu legado na UEA”, disse o reitor.

A celebração contou ainda com a apresentação dos alunos da Escola Superior de Artes e Turismo (ESAT/UEA), que homenagearam com dança e teatro as unidades da UEA da capital e do interior. O evento transmitido ao vivo pelas redes sociais da paróquia, obedeceu às recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) referente à prevenção contra o novo coronavírus, com distanciamento e uso de máscara e álcool 70%.

FOTO: Divulgação/UEA

Compartilhe: