Estudante autista faz exposição ‘Peixes da Amazônia’ na Aleam

Compartilhe:

A exposição “Os Peixes da Amazônia” traz pinturas em tela, do artista Vinícius Castilho. O evento realizado pela deputada estadual Dra. Mayara Pinheiro Reis (Republicanos), acontece no hall da Assembleia Legislativa, em alusão ao mês de conscientização sobre o Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Para a parlamentar é uma grande oportunidade de chamar a atenção da sociedade para a discussão do tema e de mostrar o belo trabalho feito pelas mãos de um jovem autista.

“É sempre importante aproveitar a semana em que trabalhamos a conscientização sobre o autismo e abrir as portas desta Casa para falar sobre o assunto, sobre a importância da família no processo, fazer emissão de carteiras e, além disso, expor a arte do Vinícius, artista manauara, diagnosticado com TEA e que nos mostra como é possível integrar e interagir, cada um do seu jeito e no seu tempo”, argumentou Dra. Mayara.

Estudante do primeiro ano do Ensino Médio, em escola regular de ensino, Vinicius tem supervisão psicopedagógica e plano individual de ensino. A atenção da família é fundamental para o seu desenvolvimento, tanto na dinâmica familiar, comunitária e escolar como no acompanhamento de saúde especializado e multidisciplinar.

Vinícius foi diagnosticado com TEA aos dois anos de idade e, segundo a mãe, Fabiane Castilho, a atitude mais importante para qualquer família é a aceitação e isso faz toda a diferença.

“Não tenham medo, não tenham vergonha de assumir o Espectro. O grande empecilho para o desenvolvimento dessas crianças é o atraso no acesso às terapias orientadas. Todo o conhecimento e habilidade do Vinícius foi fruto de vivência, de aceitação familiar, do meio, do apoio escolar, da aceitação dos amigos. Para as famílias eu digo: o amor desenvolve”. Afirmou Fabiane.

Autodidata em desenho a mão livre e pintura em tela, Vinícius tem criações autorais desde a primeira infância. Na exposição, ele fez questão de nos mostrar cada obra e explicar sobre os peixes, os materiais utilizados e as técnicas aplicadas.

“Esse é o peixe tambaqui, o peixe bodó, pirarucu, tucunaré e esse é o vovô Ozali, pescando o jaraqui. Desenho com lápis, pinto com tinta acrílica e contorno os detalhes com marcador”, disse Vinícius.

A inspiração da primeira exposição veio após a participação de Vinícius em uma feira agropecuária, realizada em Manaus.

“Ele visitou um stand que tinha o pirarucu e, a partir daí veio a curiosidade e ele começou a pesquisar sobre vários peixes e a pintar. O trabalho foi realizado entre dezembro de 2023 e fevereiro de 2024, com técnica autoral, trabalhado com técnicas diferentes dentro do conhecimento dele sobre cada peixe, tamanho, escamas, cores . Ele mesmo criou as cores e deu o seu melhor, ganhando habilidades e conquistando seu próprio espaço”

Além do trabalho com telas, o artista também tem em seu currículo a ilustração do livro “ Transtorno do Espectro Autista – Orientações para as famílias” dos autores, Adriana Ferreira, Carlos Nascimento e Nathalia Sales.

Fabiane falou sobre a importância da obra e o poder do compartilhamento das informações e como a conscientização influencia positivamente o cotidiano da pessoa autista.

“O livro é um ferramenta de informação muito importante, pois traz orientações para que famílias saibam se comportar em determinadas situações. É também uma forma de promover a formação de multiplicadores de conhecimento a respeito do assunto, como lidar melhor com as limitações e assim, incentivar a participação do autista em qualquer atividade” explicou, Fabiane.

A exposição segue até sexta-feira(05), no hall de entrada da Assembleia Legislativa do Amazonas, situada na Av Mário Ypiranga, bairro Flores.

Outros serviços:

Durante a programação haverá atendimento para emissão da Carteira de Identificação da Pessoa Com Transtorno do Espectro Autista (CIPTEA), que garante atendimento prioritário em todos os segmentos públicos e privados do Amazonas e orientações sobre a aromaterapia no autismo, pela Dra. Tatiana Carranza.

Link do livro :  “ Transtorno do Espectro Autista – Orientações para as famílias”
Compartilhe:
Redação
Redação
Artigos: 6409