Espetáculo amazonense “Ensaio Geral” do ator Klindson Cruz foi contemplado em Prêmio Nacional

Compartilhe:

O projeto foi o único do Norte do Brasil a ser contemplado ao Prêmio Funarte de Estímulo ao Circo 2021

A Fundação Nacional de Artes (Funarte) publicou, no Diário Oficial da União, no dia 3 de dezembro de 2021, o resultado final do Prêmio Funarte de Estímulo ao Circo 2021. Por meio do concurso, com abrangência nacional, a entidade concedeu 59 premiações para iniciativas direcionadas à área circense. De um total R$ 2 milhões investidos, R$ 1,96 milhão, divididos em 38 prêmios para circos itinerantes (Módulo A1 e Módulo A2) e 21 para grupos (trupes, companhias e coletivos) circenses (Módulo B).

O Prêmio Funarte de Estímulo ao Circo tem como objetivo estimular a retomada das atividades presenciais da área cultural, por intermédio do apoio à reestruturação e manutenção das instituições circenses itinerantes e dos vários tipos de grupos que atuam no ramo do circo; e também do incentivo à montagem, renovação e circulação de espetáculos desse gênero.

No Norte, a única proposta contemplada na categoria B – Grupos Circenses foi o projeto “Circolando por aí! Com o Palhaço Pingo.”, uma circulação do espetáculo solo “Ensaio Geral”, inspirada na obra de “A História do Barquinho”, do premiado diretor, ator e artista plástico Ilo Krugli, que narra sobre a vida e a liberdade, com a mágica história do barquinho Pingo Primeiro e a linda flor Irupê.

“O “Ensaio Geral”, além de toda a interação com o público, momentos cômicos e a tocante ludicidade, é uma peça caracterizada pela espera da diretora que nunca chega ao teatro e para poder ensaiar, o personagem principal, o “Pingo Primeiro”, precisa da ajuda da plateia. Uma declaração de amor para nossa saudosa mestra Selma Bustamante”, explica emocionado Klindson Cruz.

“Considerando as dificuldades logísticas na Amazônia, que impacta diretamente diversos setores do cotidiano dos moradores do interior do Amazonas, e reconhecendo a problemática de implementação cultural nestas localidades, o projeto “Circolando por aí! Com o Palhaço Pingo” visa levar arte e cultura, fomentar a produção artística local, formar público, descentralizar e democratizar a cultura, permitindo que diversos públicos sejam beneficiados, com um clássico, em uma linguagem acessível e didática. As apresentações acontecerão nos municípios de Careiro da Várzea e Iranduba em 2022,” explica Wagner Moreira, produtor executivo do projeto.

Confira as propostas selecionadas na “Categoria B” do Prêmio Funarte de Estímulo ao Circo 2021:

Norte
– Circolando por aí! Com o Palhaço Pingo – W Allan dos Santos Moreira/ Klindson Cruz e Jean Palladino – Manaus/Amazonas

Nordeste
– Peró. A menina que queria voar – Associação Cultural Joana Gajuru – Maceió/ Alagoas
– Histórias de um Pano de Roda em Circulação – Boris Marques da Trindade Junior ME/ Cia Brincantes de Circo – Recife/ Pernambuco
– Circulação do Espetáculo da Trupe Circus – Vidas entrecruzadas no Picadeiro- Trupe Circus – Razão Social: Grande Circo Arraial- Recife/ Pernambuco
– O Salto- Musical Produções Eirele ME/ O Salto – Salvador/ Bahia
– Trupe Arlequin de Circo Teatro – João Pessoa/ Paraíba

Sul
– Espetáculo Imaginarium – Pedro Giovani Queisada/ Tangará Produções – Londrina/Paraná
– Circo de Horrores e Maravilhas – com acessibilidade – Oigalê Cultural – Porto Alegre/ Rio Grande do Sul

Sudeste
– O Circo Estelar resgatando a cultura circense – Centro de Apoio e Memória ao Circo do Espírito Santo/ Grupo Circo Estelar – Vitória/ Espírito Santo
– Cáfila – Coletivo Nopok – Nopok Produções Artísticas e Culturais LTDA ME – Rio de Janeiro/ Rio de Janeiro
– Teatro de Anônimo em Circo Circuito – Teatro de Anônimo – Razão Social: Grupo Anônimo de Teatro – Rio de Janeiro/ Rio de Janeiro
– O circo a Céu aberto – Hajalume Produções – Rio de Janeiro/ Rio de Janeiro
– Circulação – Fragmentos em Cena – Artinerant”s Produções Artísticas Ltda/ Artinerant”s – São Paulo/ São Paulo
– Mestres em Ação OMELHORDAMELHORIDADE – Cooperativa de Trabalho Nacional de Circo/ Mestres em Ação OMELHORDAMELHORIDADE – São Paulo/ São Paulo
– Namakaca em dose dupla- Cristiani Zonzini ME/ Grupo Namakaca – São Paulo/ São Paulo
– Reprise – 15 anos – La Mínima Apresentações e Produções Artísticas Ltda EPP/ LaMínima Circo e Teatro – São Paulo/ São Paulo
– Circo de Versos no ABC – Circo Mínimo, Circo Mínimo Produções de Arte Ltda – São Paulo/ São Paulo
– Ser…tão – Diálogos Acrobáticos – São Bernardo do Campo/ São Paulo
– Circo de Família na Bateia do Vale- A.R.P. Comunicação, Cultura e Paisagem LTDA – ME/ Cia. Circunstância – Belo Horizonte/ Minas Gerais

Centro-Oeste
– Palhaçando em Curto Circuito- Fernanda de Sousa Gandes/ Grupo Tibanaré – Cuiabá/ Mato Grosso
– A Borboleta mais Velha do Mundo nas praças do MS – Grupo Casa – Coletivo de Artistas – Campo Grande/ Mato Grosso do Sul

O projeto “Circolando por aí! Com o Palhaço Pingo” acontecerá no mês de maio de 2022, no interior do Amazonas, nas cidades de Iranduba e Careiro da Várzea. “Este projeto foi contemplado pelo PRÊMIO FUNARTE DE ESTÍMULO AO CIRCO 2021”.

Ficha Técnica
Produção Executiva: W Alan dos Santos Moreira (Cultura Amazônica Assessoria)| Produção Cultural: Klindson Cruz| Diretor: Jean Palladino| Iluminador: Jean Palladino| Cenografia: Klindson Cruz| Sonoplastia autoral: Robson Andrey| Adereços de cena: Klindson Cruz| Figurino: Mara Pacheco| Palhaço Pingo: Klindson Cruz| Fotografia: Jean Palladino | Assessoria de comunicação e imprensa: Wagner Moreira/ Yghor Palhano/ Cultura Amazônica Assessoria.

Compartilhe: