Entidade de classe desenvolve material pedagógico para minimizar as desigualdades educacionais

Compartilhe:

Materiais didáticos são desenvolvidos como suporte no processo de aprendizagem em comunidades do interior do AM, RR e PA

De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que através do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), avalia o aprendizado de alunos do 2°, 5° e 9° ano do Ensino Fundamental e do 3° ano do Ensino Médio, no 3° ano do Ensino Médio, a avaliação aponta que na disciplina de Matemática, 62,6% foram classificados no estágio crítico e outros 4,8% no estágio muito crítico do aprendizado. No total, 67,4% dos alunos têm desempenho muito abaixo daquele desejado. Em Leitura, 42,1% dos alunos deste nível de ensino estão nessas mesmas faixas de desempenho.

No desempenho “muito abaixo da média”, em Matemática, os estudantes não conseguem ler e interpretar gráficos e usar as figuras geométricas planas, por exemplo. Já no estágio “abaixo da média”, desenvolvem habilidades elementares de interpretação de problemas, mas estão muito aquém do que é desejado. Em Língua Portuguesa, os alunos deste mesmo estágio, não são leitores competentes. O problema se agrava na região Norte, com 83,1% estudantes no pior patamar de desempenho em Matemática.

Com o objetivo de modificar este cenário que se apresenta, facilitar o aprendizado de crianças em fase de alfabetização e do Ensino Fundamental, assim como adultos que queiram aprender a ler, escrever e calcular, a Aliança em Inovações Tecnológicas e Ações Sociais no Estado do Amazonas (Aitas/Am), tem desenvolvido alguns materiais didáticos, nas áreas de matemática e língua portuguesa.

Um grupo multidisciplinar da Aitas/Am, formado por pedagogos e engenheiros, elaborou um livreto para auxiliar o desenvolvimento do cálculo mental e escrito de forma lúdica, para que crianças e adultos sejam estimulados a resolver problemas com o uso das quatro operações matemáticas. Um segundo livreto é de Caligrafia, preparado para contribuir com o processo de aprendizagem da linguagem escrita, não daquela forma antiga, em que eram propostos exercícios mecânicos, como cópias exaustivas de palavras descontextualizadas, mas de uma forma dinâmica e divertida, acompanhada do tema “noções de engenharia” para conquistar a atenção dos alunos.

Para a Engenheira Eletricista Aline Pedraça, essa ação, que já alcançou várias comunidades rurais e urbanas de Manaus, além das cidades de Itacoatiara (AM), Boa Vista (RR) e Monte Alegre (PA), é uma questão de responsabilidade social, definida na missão da Aitas/Am.

“Entendemos que estamos cumprindo uma missão. A participação social, fomentando oportunidades, é o que faz da Aitas/Am uma instituição preocupada com as diferentes gerações. É na execução desse olhar direcionado às crianças e adultos desassistidos pelas políticas públicas de inclusão e igualdade de oportunidades, que mobilizamos a realização de projetos voltados a valorização das pessoas”, explica Aline Pedraça.

No mesmo sentido, o Engenheiro Cartógrafo e Civil, professor Sanches, destaca o desenvolvimento deste material didático, como mais uma ação de cidadania realizada pela Aitas/Am.

“Os Livros de Caligrafia e Tabuadas, elaborados pelos profissionais da Aitas/Am são instrumentos simples, porém de um alcance significativo e de suma importância para a sociedade. A Educação se mostra como um instrumento dinamizador de oportunidades e de um gesto a favor da cidadania. O fato de fazer chegar às pessoas das comunidades mais distantes um material pensado em suas necessidades, faz desses instrumentos pedagógicos uma ferramenta potencializadora, que motiva e permite a integração de pessoas. Inspirar valores e despertar habilidades é um dos pilares da Aitas/Am”, afirma o professor Sanches.

Estes materiais didáticos tem sido utilizado como importante material de apoio pedagógico e são bem recebidos por crianças, adultos, comunitários, pais e professores com muito entusiasmo. Além destes materiais didáticos, a Aitas/Am desenvolve outros projetos, como o “Reciclarte”, “Química das Coisas”, “Escola Maker”, Cursos Profissionalizantes na modalidade on line e presencial, “Tecnologia na Escola” e outros.
Conheça mais sobre a Aitas/Am na Redes Sociais.

Compartilhe: