CONSUP homologa resultado do processo de consulta para reitor pro tempore do IFAM

Compartilhe:

Na última sexta-feira, 23 de abril, o Conselho Superior do IFAM (CONSUP) homologou o resultado do processo de consulta à comunidade acadêmica para a escolha do novo reitor pro tempore do Instituto Federal do Amazonas. Após a apuração dos votos, em eleição realizada nos dias 15 e 16 deste mês, o professor Jaime Cavalcante Alves foi o candidato eleito com cerca de 73% dos votos válidos.

O reitor pro tempore eleito assumirá a gestão da instituição pelo período remanescente do mandato de seu antecessor, o professor Antonio Venâncio Castelo Branco que faleceu no início deste ano, vítima de complicações causadas pelo novo coronavirus.

Após a homologação, o reitor eleito que ficará no cargo até 2023, agradeceu os votos recebidos na eleição. “Sou grato pela confiança da comunidade acadêmica em meu trabalho e afirmo que contarei com o apoio de todos para elevar ainda mais o nome do IFAM como referência em educação, ciência e tecnologia”, declarou.

De acordo com o professor Jaime Cavalcante, uma das ações de seu mandato será alavancar os cursos técnicos no interior do Amazonas, principalmente nas unidades mais novas como, Iranduba, Boca do Acre e Manacapuru, além de fortalecer e implantar cursos de graduação nos campi mais antigos fora de Manaus. Para a capital, o novo gestor afirma ser necessário impulsionar ainda mais todos os níveis de ensino.

Ainda segundo o novo gestor, por meio do polo de inovação do IFAM, será possível estreitar a relação entre o Instituto e o Polo Industrial de Manaus (PIM). “Assim atrair recursos da Lei de Informática e demais subsídios para implementar projetos de pesquisa e inovação”, disse.

Professor do IFAM, Jaime Cavalcante é egresso da antiga Escola Agrotécnica do Amazonas. Mestre em Educação Agrícola (Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro). Atualmente, ocupa o cargo de diretor geral do Campus Manaus Zona Leste. Já desenvolveu atividades no cargo de pró-reitor de Desenvolvimento Institucional, além de ter sido diretor em diversos campi do IFAM, no interior do Estado.

Entenda o processo de consulta eleitoral

O processo de consulta à comunidade acadêmica foi deflagrado pela reitora substituta professora Lívia de Souza Camurça Lima, e ocorre da seguinte maneira:

A reitora em exercício no período em que o processo é deflagrado, convoca o CONSUP para compor uma comissão que disciplinará o processo.

Em seguida, a comissão disciplinadora convoca o processo de consulta para compor as comissões eleitorais locais, quando cada Campus escolhe os membros de suas comissões.

A Comissão Eleitoral Central (CEC), formada por membros das comissões eleitorais locais, é responsável pela elaboração do regulamento, fiscalização e operacionalização do processo de consulta à comunidade acadêmica, momento em que os discentes, docentes e técnicos do IFAM efetivamente escolhem o novo reitor através do voto.

Por conta do momento em que vivemos, onde é imprescindível adotar todas as medidas de biossegurança para evitar a contaminação pelo novo coronavírus, todo o processo foi feito de maneira remota como votação eletrônica, foi a primeira vez que esse sistema foi utilizado no Instituto. Segundo a Diretoria de Tecnologia da Informação, o sistema é seguro, confiável e pode ser auditado.

Após a apuração dos votos, o resultado é encaminhado ao Conselho Superior para homologação. A próxima etapa é a instrução do processo e seu encaminhamento ao Ministério da Educação para os trâmites de nomeação.

Coordenação de Comunicação Social – Reitoria

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas- IFAM

Telefones: (92) 3306-0007

Endereço: Rua Ferreira Pena,1109 – Centro

Rodrigo Fonseca (92) 98199-5835 / (92) 3306 0007

Compartilhe: