CDL Manaus e SPC Brasil disponibilizam plataforma que irá e agilizar mais o andamento de processos no Tribunal de Justiça do Amazonas

Compartilhe:

A Câmara de Dirigentes Lojista de Manaus (CDL Manaus) e o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), firmaram parceria com o Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) para utilização do SPC JUD, uma plataforma que dará acesso ao banco de dados do SPC Brasil. O evento aconteceu na manhã desta sexta-feira (09), na sede da entidade, localizada na Av. Djalma Batista, zona Centro-Sul da cidade

O SPC Jud irá agilizar o andamento dos processos dentro do Poder Judiciário, pois permitirá que os profissionais de justiça interajam com a base de dados do SPC Brasil com mais agilidade e menos burocracia. O sistema será usado em primeira mão pelo Estado do Amazonas e posteriormente disponibilizado para todo Brasil.

De acordo com o presidente da CDL Manaus, Ralph Assayag, o SPC Jud foi concebido especificamente para atender o Poder Judiciário. “A plataforma foi desenhada pelo SPC Brasil para atender as necessidades do Judiciário, o acesso será gratuito e eles poderão agilizar o andamento de processos com menor custo. Com o SPC Jud eles poderão encontrar as pessoas que muitas das vezes precisam ser intimadas, até mesmo como testemunhas, vão poder fazer a inclusão e exclusão dos próprios registros. A ferramenta inovadora trará velocidade, segurança, economia, facilidade e autonomia ao poder judiciário”, destacou Assayag.

Segundo o desembargador do TJAM, Délcio Santos, a parceria traz mais agilidade nos trâmites dos processos. “Essa é uma ferramenta que irá beneficiar muito os trabalhos do Tribunal, abrangendo todo o Território Nacional, desburocratizando o sistema e facilitando a localização das pessoas, além de diminuir o número de processos acumulados nos tribunais”, afirmou o desembargador.

Ralph Assayag explicou que a parceria com TJAM será contínua. “Nossa pretensão é que no ano que vem nós possamos junto ao Tribunal de Justiça do Amazonas fazer a inscrição para concorrer ao Prêmio Inovare para mostrarmos para o Brasil que também fazemos parte da redução de burocracia e colaboramos com o Judiciário”, enfatizou.

A vice-presidente do TJAM, Dra. Carla Maria Santos também participou por teleconferência e agradeceu ao presidente da CDL Manaus, Ralph Assayag e ao presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro pela iniciativa. “Esta ferramenta vai nos ajudar na localização de pessoas, dando agilidade na resolução de processos”, disse.

O titular da 8ª Vara da Família, Dr. Gildo Santos enfatizou a relevância da parceria com SPC Brasil com intermédio da CDL Manaus. “É de suma importância para a sociedade, visto que vai encontrar com mais rapidez as pessoas, principalmente se tratando de pensão alimentícia, com o tribunal sendo autorizado a fazer a inclusão do nome daquele pai que não pagou as parcelas devidas, com três débitos, além de poder ser preso, a pessoa ainda vai ter seu nome com restrição no banco de dados do SPC, ficando impossibilitado de realizar compras parceladas no mercado nacional”, disse Gildo.

O juiz de Direito Titular da 2ª Vara Cível e de Acidentes do Trabalho, Dr. Roberto Taketomi, destacou os benefícios que essa parceria traz para o poder judiciário. “Muitos processos ficam parados por falta informações, e com os dados do SPC Brasil, que é em nível nacional, todos os tribunais vão ter condições de acionar esse centro de informações e colher todas as partes necessárias para dar prosseguimento nos processos pendentes, é uma parceria que com certeza vai dar certo e a CDL Manaus e está de parabéns, por esta iniciativa em benefício da sociedade.

Estiveram presentes presencialmente na celebração da parceria, o juiz de Direito Titular da 1ª Vara da Fazenda Pública, Dr. Ronnie Frank Torres Stone e o Secretário-Geral de Administração, Chrystiano Silva. O presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro participou por teleconferência, que explicou juntamente com a assistente jurídica do SPC Brasil, Dra. Aline Todero, as funcionalidades e benefícios da ferramenta.

Compartilhe: