Câmara anuncia agraciadas do Diploma Carlota Pereira de Queirós 2021

Compartilhe:

A Câmara dos Deputados selecionou as cinco mulheres que serão agraciadas com o Diploma Carlota Pereira de Queirós neste ano. O objetivo do prêmio é homenagear mulheres cujos trabalhos ou ações tenham contribuído para o pleno exercício da cidadania, na defesa dos direitos da mulher e nas questões de gênero no Brasil. A escolha foi feita por meio de votação dos parlamentares integrantes da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher. A cerimônia de entrega do Diploma está marcada para 21 de outubro.

Escolhidas

Cristiane Britto – atual secretária nacional de Políticas para as Mulheres e presidente do Conselho Nacional dos Direitos da Mulher. Em sua gestão, implementou os Projetos “Qualifica Mulher”, “Mulheres Escalpeladas” e “Mães Unidas”, além de ampliar as unidades da Casa da Mulher Brasileira e capitanear o projeto “Mais Mulheres na Política”.

Lenira Maria de Carvalho (in memoriam) – Começou a trabalhar como doméstica ainda jovem e formou um grupo para discutir os problemas específicos da categoria. No final da década de 70, fundou a Associação das Empregadas Domésticas da Área Metropolitana do Recife. No fim da década de 1980, fundou a Associação das Trabalhadoras Domésticas do Recife. Também foi uma das fundadoras da Federação Nacional das Trabalhadoras Domésticas (Fenatrad) e da Confederação Latino-Americana e do Caribe de Trabalhadoras Domésticas. Foi uma das mil mulheres indicadas ao Prêmio Nobel da Paz do ano de 2006 e, em 2019, recebeu o Título de Cidadã Pernambucana da Assembleia Legislativa de Pernambuco.

Salete Silva Sommariva – desembargadora e atual coordenadora estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (Cevid) do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, onde desenvolve diversos projetos e campanhas voltados à conscientização, à educação e ao esclarecimento da sociedade na prevenção e no combate à violência doméstica e de gênero. Preside o Colégio dos Coordenadores da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher e atuou na criação da Campanha Sinal Vermelho.

Suéli do Socorro Feio – Fundadora do projeto “Costurando Sonhos”, que capacita e certifica mulheres em situações de extrema vulnerabilidade social, conferindo a elas renda própria e independência financeira. Hoje, o projeto já está presente em várias cidades brasileiras, produzindo acessórios e roupas com a marca “Costurando Sonhos Brasil”.

Terezinha Ramires Lima (in memoriam) – a médica foi fundadora da Associação Alagoana Pró-Mulher e participou do movimento pela criação do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Mulher, tendo sido sua primeira presidente. Terezinha lutou para que fossem dados direitos iguais às mulheres de ingressarem em corporações predominantemente masculinas. Colaborou com o projeto de lei criador da Polícia Feminina e atuou para que fosse criada a primeira equipe feminina de bombeiros do estado de Alagoas.​

_______________________________________
Assessoria de Imprensa

Diretoria-Executiva de Comunicação e Mídias Digitais (Direx)

https://www.camara.leg.br/assessoria-de-imprensa​

e-mail: imprensa@camara.gov.br

Telefone: (61) 3216-1507 / 1807 /1506

Compartilhe:
Imagem padrão
Redação
Artigos: 2980