Aplicativo orienta adolescentes para o autocuidado da saúde

Compartilhe:

O aplicativo ‘Conta aí Mana’ criado pelas professoras Sigrid Cardoso e Patrícia Brito do Departamento de Saúde Materno Infantil  da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Amazonas (DSMI/FM/Ufam) que desde o dia 7 de julho de 2022, orienta adolescentes para maior cuidado na saúde, vem ganhando maior espaço junto a esse público. 

De acordo com a professora Patrícia Brito, o aplicativo ‘Conta aí Mana’ objetiva  levar informações éticas, conteúdo de orientação sobre cuidados da saúde,  dúvidas das adolescentes e orientá-las quanto ao autocuidado da saúde,  além de auxiliar no conhecimento e controle do ciclo menstrual e monitoramento do calendário vacinal, através da visualização das vacinas já realizadas e sinalização das doses a serem feitas.

Brito acredita que o aplicativo se torna uma ferramenta de controle e monitoramento da saúde dos adolescentes auxiliando os profissionais da saúde e familiares. Ela conta que o  lançamento oficial do aplicativo ocorreu nesta última quinta-feira,  7, estando disponível nas plataformas on-line do sistema operacional Android e IOS.

Segundo ela, o aplicativo é de orientação e informação. “As dúvidas mais comuns são relacionadas à Infecção sexualmente transmissíveis,  mudança corporal, peso, dúvidas sobre saúde sexual,  das vacinas e do ciclo menstrual”, explicou.

A Ufam vem desempenhando papel importante no processo comunicacional quando diz respeito assuntos relacionados à saúde, comentou a professora que disse ainda que “como somos Professoras da Universidade Federal do Amazonas,  do curso de Medicina, estamos recebendo apoio na divulgação do aplicativo. A Universidade tem interesse de divulgar entre a comunidade,  colaborando com o papel social e educacional do aplicativo”, enfatizou.

O apoio é fundamental para que o aplicativo possa alcançar o maior número de pessoas. A professora conta que “estamos muito felizes com o apoio recebido da Faculdade de Medicina, dos Diretores e de toda a comunidade acadêmica da Universidade. A recepção ao aplicativo tem sido muito boa, e os colegas, professores e alunos, tem participado ativamente da divulgação”.

Compartilhe: