Ação ambiental une fundação e Força de Segurança em Coari (AM)

Compartilhe:

Integrantes da Opção Verde e da Base Arpão realizaram atividades de conscientização em comunidades ribeirinhas

            A Fundação Opção Verde promoveu, com apoio das Forças de Segurança do Amazonas estabelecidas na Base Arpão, uma série de atividades de conscientização ambiental nas comunidades Esperança I e Esperança II, localizadas no município de Coari (AM). As atividades tiveram como objetivo preservar os recursos naturais da região e fortalecer a missão da entidade que é manter a floresta amazônica em pé.

            Conforme Márcia Rebeca, responsável pelos projetos da Opção Verde, a fundação busca estabelecer um diálogo com a população para que a preservação seja constante, mesmo em áreas mais distante.  “Muitos vivem da mata, dos rios e da agricultura de subsistência. Por isso queremos manter esse contato com líderes comunitários, buscando compreender o cenário em que vivem para que possamos, posteriormente, desenvolver, junto a essas pessoas, atividades que possam gerar uma melhoria na qualidade de vida e também na lida com o meio ambiente”, explicou ela.

            Ainda de acordo com Rebeca, esse contato com as comunidades ocorreu após agendamento com líderes comunitários e contou com suporte das Forças de Segurança estabelecidas na Base Arpão. “Fomos levados em uma lancha policial da Base Arpão, responsável por fiscalizar embarcações, combater o tráfico e a extração de minérios ilegais”, detalhou ela, ressaltando que por conta da cheia, algumas áreas estavam submersas.

            Na Comunidade Esperança I, a equipe da Fundação Opção Verde foi recepcionada pelo cacique Orlando e sua esposa. “Ele nos contou que nesta época do ano, as famílias da região ficam sem terra firme para produção de agricultura, tornando o acesso a recursos básicos mais escassos. Além disso, os animais não podem ser criados em grandes quantidades”, disse ela.

            Ao todo, 54 famílias vivem naquela comunidade. “Durante nossa conversa, conseguimos a autorização do cacique para levarmos um grupo de adolescentes que mora em Coari, juntamente com um engenheiro florestal, para uma excursão e orientarmos todos quanto ao trato adequado com o meio ambiente e quais leis que regem esse trato, visando a preservação das florestas e rios, sensibilizando os mesmos diante dessa experiência, favorecendo, ainda, o conhecimento de culturas e formas de vida diferentes”.

            Em seguida, o grupo se deslocou até a Comunidade Esperança II. “Ao longo das duas visitas, conseguimos perceber que as regiões estão sendo preservadas apesar da existência de pequenas edificações, em sua maioria de madeira. Os moradores não possuem o hábito de destruir o meio ambiente e vivem de forma muito simples. Todos estão abertos a parcerias que possam oportunizar uma melhoria na qualidade de vida, seja na parte de instrução, orientação e aplicação de cursos ou disponibilizando algum tipo de recurso físico como, por exemplo, cestas básicas, vestimentas, geradores, poços, entre outros”, finalizou Rebeca.

A Fundação Opção Verde é uma instituição brasileira com o propósito de proteger a Floresta Amazônica em áreas vulneráveis a ações depredatórias. Manter a floresta em pé é a missão da entidade. Estratégias, ações comunitárias e inovações tecnológicas estão entre os recursos usados para colocar em prática as atividades de monitoramento, conscientização e desenvolvimento sustentável na área de atuação da fundação.

Compartilhe: